Crítica: Bruno Fracchia sensibiliza Festival de Curitiba com homenagem a Paulo José em Algumas Histórias

Bruno Fracchia vive o ator Paulo José em Algumas Histórias, sucesso do Fringe no 25º Festival de Teatro de Curitiba - Foto: Humberto Araujo/Clix

Bruno Fracchia vive o ator Paulo José em Algumas Histórias, sucesso do Fringe no 25º Festival de Teatro de Curitiba – Foto: Humberto Araujo/Clix

Por MIGUEL ARCANJO PRADO
Enviado especial a Curitiba*
Fotos HUMBERTO ARAUJO/Clix

O ator Bruno Fracchia conseguiu tocar o coração do 25º Festival de Teatro de Curitiba com sua homenagem ao ator Paulo José no monólogo Algumas Histórias, apresentado no Teatro Mini Guaíra com sucesso de público.

Na peça, o ator, que já é um dos destaques masculinos no Fringe, a mostra paralela, apresenta a trajetória do grande colega gaúcho Paulo José, artista que participou do efervescente teatro paulistano na década de 1960 e que também faz carreira brilhante no cinema e na televisão, onde além de ator também é diretor respeitado.

Fracchia acerta ao apostar na sensibilidade para dar vida às histórias sobre Paulo José. Sem arroubos ou exageros, aposta no simples, no mínimo. E aí cresce. Afinal, se Paulo José é um ator tão querido dos brasileiros, isso deve-se muito à delicadeza que ele imprime em cada personagem que interpreta, basta lembrarmos de Orestes, da novela Por Amor, ou o velho palhaço no filme O Palhaço, ambos citados na encenação.

Bruno Fracchia vive o ator Paulo José em Algumas Histórias, sucesso do Fringe no 25º Festival de Teatro de Curitiba - Foto: Humberto Araujo/Clix

Bruno Fracchia vive o ator Paulo José em Algumas Histórias, sucesso do Fringe no 25º Festival de Teatro de Curitiba – Foto: Humberto Araujo/Clix

Na obra, a história de Paulo José surge em uma mala de antigas recordações, de onde o público descobre detalhes da infância repleta de brincadeiras teatrais, do teatro ficando mais forte na adolescência. E vê surgir a profissionalização do ator e sua ida para São Paulo, onde ganhou respeito do público e da crítica, logo sendo cooptado pela TV Globo no Rio, que então dava seus primeiros passos para se tornar a rede hegemônica de televisão no País. A peça ainda aborda, com respeito e poesia, o mal de Parkinson, doença que Paulo José enfrenta nos últimos anos.

O que mais aproxima o espectador desta peça a Paulo José é o diálogo presente entre o ídolo e o artista que o homenageia. Bruno Fracchia faz uma construção minuciosa de Paulo, com aquele seu jeito peculiar de falar, com o l bem marcado, e, claro, sua docilidade. Mas, mesmo quando o ator usa o recurso épico e deixa revelar sua própria personalidade, é possível ver ainda algo de Paulo José aí. A sensação é que Bruno Fracchia e Paulo José têm a mesma essência artística, o mesmo olhar sutil para o mundo.

Bruno Fracchia vive o ator Paulo José em Algumas Histórias, sucesso do Fringe no 25º Festival de Teatro de Curitiba - Foto: Humberto Araujo/Clix

Bruno Fracchia vive o ator Paulo José em Algumas Histórias, sucesso do Fringe no 25º Festival de Teatro de Curitiba – Foto: Humberto Araujo/Clix

Não é à toa que este espetáculo encontrou consonância em Paulo José, que autorizou gratuitamente a peça sem mesmo vê-la antes, num exemplo de generosidade ímpar em tempos de artistas empresariados que só conhecem a linguagem do dinheiro. Tal atitude só faz Paulo José ainda mais merecedor desta linda homenagem.

Artista do povo, Paulo José sabe que sua história é parte da história deste país, país este de memória curta e no qual ver um jovem artista homenagear um ídolo dos mais profundos de nossa dramaturgia é motivo de comemoração. Em Algumas Histórias, Bruno Fracchia se une a Paulo José, num encontro sensível de quem ainda acredita no poder transformador da arte, começando pelos simples detalhes da vida do artista.

Algumas Histórias * * * *
Avaliação: Muito Bom

Bruno Fracchia vive o ator Paulo José em Algumas Histórias, sucesso do Fringe no 25º Festival de Teatro de Curitiba - Foto: Humberto Araujo/Clix

Bruno Fracchia vive o ator Paulo José em Algumas Histórias, sucesso do Fringe no 25º Festival de Teatro de Curitiba – Foto: Humberto Araujo/Clix

*O jornalista MIGUEL ARCANJO PRADO viajou a convite do Festival de Curitiba.

Leia a cobertura completa do Festival de Teatro de Curitiba

Curta nossa página no Facebook e siga o site!

Fique por dentro do que está rolando nas artes

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *