Saiba quando visitar o Museu de Artes e Ofícios de BH

Prédio da Estação Central de Belo Horizonte, onde funciona o Museu de Artes e Ofícios - Foto: Markito/Divulgação

Prédio da Estação Central de Belo Horizonte, onde funciona o Museu de Artes e Ofícios – Foto: Markito/Divulgação

Por MIGUEL ARCANJO PRADO

Em Belo Horizonte, é imperdível visitar o Museu de Artes e Ofícios, no charmoso prédio da Estação Central, na Praça da Estação, centro da capital mineira. Ele conta a história de várias profissões, em salas interativas. E um detalhe: aos sábados a entrada é gratuita. Veja os horários de visitação:

Terça a  sexta-feira, de 12h às 19h

Quarta-feira e quinta-feira – de 17h às 19h, com entrada gratuita

Sábado, Domingo e Feriado, de 11h às 17h – sendo sábado com entrada gratuita

Valor da entrada: R$ 5,00, com meia entrada conforme a Lei.

Professores e estudantes têm entrada gratuita.

Você pode gostar...

1 Resultado

  1. Phillipe disse:

    1. Bom saber sobre a possibilidade de entrada gratuita!
    2. Vi que fez alguns “posts” sobre Blackface; então comentarei dois recentes que foram pauta, um inclusive aqui no blog. Em relação ao Marco Nanini, pessoalmente, não vi maldade, pois é característica do personagem Pancrácio se disfarçar. Recentemente eu o vi em cena fantasiado de gueixa ou equivalente. Ele também já se disfarçou de mulher várias vezes durante a novela. Portanto, para mim, inexiste o tom derrogatório que poderia conter no Blackface, já que a tônica do personagem é o disfarce. Em contrapartida, não entendi o Blackface da tal blogueira Kéfera. Achei realmente desnecessário. Mas entendo e acho útil que haja discussão sobre o tema. Eu mesmo fui aprender o termo “Blackface” aqui e, lendo o blog, compreendi com maior profundidade acerca do tema.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *