Dois ou Um com Raphael Garcia

O ator e diretor Raphael Garcia - Foto: Flávio Rodrigues

O ator e diretor Raphael Garcia – Foto: Flávio Rodrigues

Por MIGUEL ARCANJO PRADO

O ator Raphael Garcia vive ótima fase na carreira. Um dos fundadores do Coletivo Negro, ele transita em outros grupos paulistanos, além do cinema. Em julho, filma o longa Final de Copa, do cineasta Leo Costa. Nos palcos, viaja com a peça Luz Negra, do grupo Pessoal do Faroeste, com direção de Paulo Faria, além de reestrear no segundo semestre a peça Revolver, do Coletivo Negro. Ele é formado em letras pela USP (Universidade de São Paulo), onde também estudou na EAD, a Escola de Arte Dramática. E ainda atua como diretor, seja em seu grupo, na peça {Entre}, ou como diretor convidado, caso da peça Corpo Notícia – Relatos sobre o Amor e a Vilência, do Trança Teatro, de Sorocaba. Pesquisador do negro em nosso teatro, ele aceitou o convite para participar da coluna Dois ou Um. Dez perguntas cheias de possibilidades. Ou não.

Amor ou ódio?
Amor sempre, mesmo quando o ódio insiste em dar as caras.

Jean Wyllys ou Jair Bolsonaro?
Jean Wyllys, Jean Wyllys e Jean Wyllys. E só pra lembrar, minha gente: tortura nunca mais!

Separação ou mistura?
A mistura com a consciência das diferenças. Cada ingrediente tem sua importância na receita.

Milton ou Chico?
Milton. Sou um “Caçador de Mim…”

Caetano ou Gil?
Caetano. “Uma tigresa de unhas negras…”, isso me arrepia e me diz muito!

Golpe ou Democracia?
Mesmo falha, como a história nos mostra, ainda é o melhor que podemos e devemos ter. Estamos diante de um golpe descarado, explícito, apoiado por juízes de direito que defendem uma elite mesquinha. Sou a favor da DEMOCRACIA.

Passado ou presente?
Não estão separados. Vivo o presente ancorado no antes.

Zé Celso ou Abdias do Nascimento?
Abdias do Nascimento, que a nossa história insiste em esquecer, e que fundou o Teatro Experimental do Negro, fato que nos alimenta e inspira até hoje. O Zé Celso está aí, maravilhoso sempre, em todas as páginas pra todo mundo ver!

Zumbi ou Tiradentes?
Viva Zumbi!

Só se for a dois ou o nosso amor a gente inventa?
Ah…inventar é sempre melhor! No amor então…

Leia outras edições da coluna Dois ou Um

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *