Por trás do pano – Rapidinhas teatrais

Musical "Meu Mundo Amazônia" tem apresentação dia 30 de julho - Foto: Tatiana Lima

Ariani Rocha como Iara no musical “Meu Mundo Amazônia”: dia 30 de julho, às 16h, no Teatro Ressurreição, em SP – Foto: Tatiana Lima/Divulgação

Por MIGUEL ARCANJO PRADO

Floresta na pista
A turma do musical “Meu Mundo Amazônia” vai dar uma pausa nos ensaios para lançar o espetáculo na festa Gambiarra deste domingo (24), no Open Bar Club de Pinheiros, em São Paulo. No elenco estão Anderson D’Kássio, Alessandro Fritzen, Alessandra Lyra, Priscila Labronici, Juan Manuel Tellategui, Ariani Rocha e Aline Neves. Estão todos animados.

Única chance
“Meu Mundo Amazônia” tem apresentação única no sábado da próxima semana, 30 de julho, às 16h, no Teatro Ressurreição (r. dos Jornalistas, 123), pertinho do metrô Jabaquara, com entrada a R$ 40. Mas tem promoção: quem comprar antecipado paga apenas R$ 20 (informações no 11 96352-5744) .

Valorizando o que é nosso
O musical é uma ótima pedida para o fim das férias com a criançada. Dirigido por Anderson D’Kássio e com dramaturgia e músicas dele e de Amanda Silva, o espetáculo mostra um menino da metrópole que encontra um amigo na floresta. E passa a aprender a cultura amazônica junto com as crianças na plateia. Ê, que coisa boa!

Alexandre Guaraci vive pescador em "A Primeira História" - Foto: Alex Jardim/Divulgação

Alexandre Guaraci vive pescador em “A Primeira História” – Foto: Alex Jardim/Divulgação

Para os pequeninos
Falando em férias das crianças, a Cia. Ventoinha – Teatro de Bonecos apresenta a peça A Primeira História neste sábado (23), às 14h, na Biblioteca Hans Christian Andersen (av. Celso Garcia, 4142), próximo ao metrô Tatuapé, na zona leste. E o melhor: é de graça.

Histórias a contar
A Primeira História é dirigida por Cristiano Alfer e tem no elenco os atores Stella Menz e Alexandre Guaraci, na pele de uma rendeira e de um pescador. A dupla também criou a dramaturgia, o cenário, os adereços e os figurinos. As crianças vão ficar encantadas.

Nicette Bruno e Eva Wilma viverão irmãs antagônicas no teatro - Foto: Divulgação

Nicette Bruno e Eva Wilma viverão irmãs antagônicas no teatro – Foto: Divulgação

I’ve written a letter to daddy…
Os ensaios de “O Que Terá Acontecido a Baby Jane?” acontecem no Rio. Mas a estreia da aguardada peça de Charles Möeller e Claudio Botelho está marcada para 19 de agosto no Teatro Porto Seguro, em São Paulo. Já tem gente disputando ingresso a tapa.

Divas
Eva Wilma e Nicette Bruno fazem as irmãs que se odeiam, consagradas no cinema por Betty Davis e Joan Crawford, que também se odiavam nos bastidores.

Inspiração
Em 2015, o filme de 1962 “O Que Terá Acontecido a Baby Jane?” foi uma das principais referências presentes na peça “Hermanas Son las Tetas”, de Juan Manuel Tellategui, com Liza Caetano e Lauanda Varone na pele das duas irmãs atrizes que se detestam. A obra do artista argentino, repleta de referências ao teatro brasileiro, participou do Festival de Teatro de Curitiba. Com sucesso.

Bruna Thedy mostra Laerte Késsimos no telão em "Com Amor, Brigitte", no Masp - Foto: Bob Sousa

Bruna Thedy mostra Laerte Késsimos no telão em “Com Amor, Brigitte”, no Masp – Foto: Bob Sousa

Múltiplo
Na peça “Com Amor, Brigitte”, que está na reta final no Pequeno Auditório do Masp, o ator Larte Késsimos é uma espécie de terceiro elemento. Na história com Bruna Thedy, como Brigitte Bardot, e Anré Corrêa, na pele de um funcionário de hotel que a esconde em sua casa, Laerte surge em participação especial múltipla em vídeo como os amantes da diva do cinema francês.

Elogio
A coluna manda parabéns a Fábio Ock pela inventiva e segura direção de “Com Amor, Brigitte”.

A atriz Gisa Guttervil mandou uma cutucada na internet - Foto: Divulgação

A atriz Gisa Guttervil mandou uma cutucada na internet – Foto: Divulgação

Indireta
Gisa Guttervil, atriz, produtora e jurada do Prêmio Aplauso Brasil, resolveu desabafar na internet. Postou: “Você aí que se diz produtor, ator e a pessoa cheia dos contatos, comece a fazer e a falar menos! Mostre que trabalha, para de falar lorota no ouvido dos outros, se você sabe, todos já te sacaram, profissional master plus”. Eita! Ela só não revelou a quem a dócil mensagem está endereçada.

Sem censura
Ao saber que a coluna daria esta nota tão saborosa, Gisa implorou: “Não faça isso, dará ibope a quem não merece mesmo… Se já faz festa com o chapéu alheio, imagina uma nota contigo. Ele irá fazer uma rave”. A coluna não resistiu.

Maria Casadevall, Letícia Sabatella - Foto: Divulgação

Os atores Maria Casadevall, Loody Beauvais e Letícia Sabatella: “Haiti Somos Nós”, do Satyros – Foto: Divulgação

Integração
Olhaí o trio que estará na peça “Haiti Somos Nós”, do Satyros, com direção de Roldofo García Vázquez: a atriz paulistana Maria Casadevall, o imigrante haitiano Loody Beauvais e a atriz curitibana Letícia Sabatella. Aguardemos.

Viva Bowie
O Sesc Osasco apresenta em no dia 30 de julho, sábado, às 19h, a mais recente criação da Cia Dança Cisne Negro: “Ziggy – Tributo a David Bowie”. É de graça.

Danielle Rosa no Oficina e no cinema - Foto: Vanessa Deleu e Vivian Pupin

Danielle Rosa no Oficina, na festa e no Canal Brasil – Foto: Vanessa Deleu e Vivian Pupin

Musa
Danielle Rosa, a atriz do Oficina, foi o centro das atenções na festa do Prêmio Reverência, na última terça (19). A moça pode ser vista também no Canal Brasil no filme “A Bruta Flor do Querer”, de Dida Andrade e Andradina Azevedo. Faz uma garota da praia.

Youtuber
Danielle Rosa também está com canal no YouTube, no qual faz experimentações com suas poesias (sim, ela também escreve!). Dê uma olhada.

Ivam Cabral: lembranças do passado - Foto: Leila Fugii/Divulgação

Ivam Cabral: lembranças do passado – Foto: Leila Fugii/Divulgação

São tantas emoções
Ivam Cabral viveu grande emoção no começo deste mês. Foi com seus companheiros Rodolfo García Vázquez e Eduardo Chagas assistir ao espetáculo “Memória de um Palco do Bixiga”, produção do ETA – Estúdio de Treinamento Artístico com direção de Carolina Angrisani. A obra contou a história do prédio teatral que abriga o ETA e que nos anos 1990 chamava-se Teatro Bela Vista. Foi lá que o grupo Os Satyros começou.

Se chorei ou se sorri
“Não pisava lá desde 1994. Então, estar ali, revivendo e remoendo histórias (quantas, meu Deus!), me fez pensar no tempo e seus desdobramentos, voltando quase 25 anos na minha história”, escreveu.

Olfato aguçado
Ivam ainda revelou outra coisa curiosa. “Engraçado que reconheci, além das paredes, do teto e do palco, o cheiro do lugar. O mesmíssimo odor de 25 anos atrás”, revelou.

Dois de Um: Felipe e Fernando Soares lançaram clipe - Foto: Juh Guedes/Divulgação

Dois de Um: Felipe e Fernando Soares lançaram clipe – Foto: Juh Guedes/Divulgação

Supergêmeos, ativar!
Os gêmeos mais famosos da praça Roosevelt, Fernando Soares e Felipe Soares, lançaram seu projeto musical, Dois de Um, com o clipe “APelo”, protagonizado por Daiane Brito. Também há participações especiais, como do ator Flavio Sales, ou melhor, de Jordana BAH, que a cada dia fica mais famosa e até tem página oficial no Facebook. Veja o clipe!

Fernando Soares, Eric Barros e Flavio Sales como as drags de "Vias" debaixo do Minhocão - Foto: Divulgação

Fernando Soares, Eric Barros e Flavio Sales como as drags de “Vias” debaixo do Minhocão – Foto: Divulgação

Purpurina
Falando na turma do Satyros new generation, nesta sexta (22), meia-noite, tem a peça “Vias”. Três drags cheias de amor para dar. No Satyros Um da praça Roosevelt.

Surpresa
Toda sessão de “Vias” tem uma participação especial.

A dramaturga Pamella Martelli faz peça em seu apartamento em SP - Foto: Tábata Romero

A dramaturga Pamella Martelli faz peça em seu apartamento em SP – Foto: Tábata Romero/Divulgação

Intimista
A dramaturga Pamella Martelli resolveu abrir sua casa para a encenação de sua peça “Entre o Corredor e a Sala de Estar”. O apartamento na Bela Vista, em São Paulo, faz temporada quinta e sexta, sempre às 20h, até 19 de agosto. O ponto de encontro é na rua Santo Amaro, 234, em frente ao Bar Novo Daka. O público paga quanto puder. Vai, gente.

Eduardo Suplicy e Julia Bobrow: ele gosta de ir ao teatro - Foto: Divulgação

Eduardo Suplicy e Julia Bobrow: ele gosta de ir ao teatro – Foto: Divulgação

Amigo dos artistas
O político Eduardo Suplicy, um dos poucos em quem ainda dá pra confiar, anda frequentando como nunca o teatro paulistano. No domingo (17), a convite da atriz Julia Bobrow, foi ver “Pessoas Perfeitas”, do Satyros. No fim, cumprimentou todo mundo.

Eduardo Suplicy posa com o elenco da peça - Foto: Divulgação

Eduardo Suplicy posa com o elenco da peça – Foto: Divulgação

Repeteco
Já nesta quinta (21), apareceu no Viga Espaço Cênico para ver “O Espectador Condenado à Morte”, dirigido por Thiago Ledier e que cumpre temporada às quartas e quintas, 21h, até 21 de agosto. O elenco fez questão de tirar foto com o ex-senador. Afinal, político que vai ao teatro é coisa rara neste Brasil. Estão na peça os atores André Camargo, Cadu Batanero, Caio Balthazar, Drica Czech, Guilherme Iervolino, Patrícia Vieira Costa, Raphael Nespule, Rony Álvares e Vanessa Rodrigues
.

Falando nele
Eduardo Suplicy salvou a imprensa na cobertura do velório de Hector Babenco. Foi o único, ao lado de Pascoal da Conceição, a pensar nos direitos humanos dos profissionais que cobriam a despedida do nosso grande cineasta argentino e brasileiro de coração.

Cassiano Fraga: preparador vocal ministra oficina grátis na Unesp - Foto: Divulgação

Cassiano Fraga: preparador vocal ministra oficina grátis na Unesp – Foto: Divulgação

Afinação
Cassiano Fraga, grande preparador vocal, dará a oficina “A Voz Mista” nos dias 9, 10 e 11 de agosto, das 14h às 17h, no Instituto de Artes da Unesp, na Barra Funda, em São Paulo. Ele vai abordar duas grandes técnicas vocais: o IVA e o Speech Level Singing. E o melhor de tudo: é de graça. Corra que são poucas vagas e haverá certificado. Inscrições para tentar uma vaga por meio de currículo e carta de intenção pelo e-mail: [email protected] Boa sorte!

Fachada do Núcleo Experimental, na rua Barra Funda, 637 - Foto: Divulgação

Fachada do Núcleo Experimental, na rua Barra Funda, 637 – Foto: Divulgação

Artista completo
Falando em curso, o Núcleo Experimental, que acabou de abocanhar cinco troféus no Prêmio Reverência de teatro musical para “Urinal”, está com novas oficinas abertas a partir de agosto em sua sede na Barra Funda, em São Paulo: “Canto para o Teatro”, com Fernanda Maia, “Interpretação”, com Inês Aranha, e “Oficina Livre”, com Alexandre Meirelles. Informações no site do grupo.

"O Teste de Turing" está em cartaz no CCSP: Cléo De Páris já viu e gostou - Foto: Divulgação

“O Teste de Turing” está em cartaz no CCSP: Cléo De Páris já viu e gostou – Foto: Divulgação

Visita ilustre
Cléo De Páris, a atriz, foi ver “O Teste de Turing” no Centro Cultural São Paulo. Ficou impressionada.

Espera
O texto escrito por Paulo Santoro ficou 12 anos na gaveta até vencer a segunda edição da Mostra de Dramaturgia em Pequenos Formatos Cênicos do CCSP. No elenco da peça futurista, estão Maria Manoella, Rodrigo Fregnan, Jorge Emil e Felipe Ramos.

Djin Sganzerla em cena de "A Melancolia de Pandora" - Foto: Jennifer Glass/Divulgação

Djin Sganzerla em cena de “A Melancolia de Pandora” – Foto: Jennifer Glass/Divulgação

Trio parada dura
Três companhias se uniram para fazer a peça “A Melancolia de Pandora”, em cartaz no Sesc Belenzinho, em São Paulo: Theatre de L’Ange Fou, BR116 e Lusco Fusco. Quem teve a ideia do encontro foi Bete Coelho, que está em cena na peça com texto e direção do estadunidense Steven Wasson, com colaboração da francesa Corinne Soum. No elenco ainda estão Djin Sganzerla, Ricardo Bittencourt e André Guerreiro Lopes. Recado dado.

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *