O Retrato do Bob: Domingos Quintiliano, mago da luz

O iluminador Domingos Quintiliano - Foto: Bob Sousa

O iluminador Domingos Quintiliano – Foto: Bob Sousa

Foto BOB SOUSA
Por MIGUEL ARCANJO PRADO

Domingos Quintiliano, iluminador paranaense radicado em São Paulo, colocou seu nome entre os grandes manipuladores da luz em cena no teatro brasileiro. Foi parceiro de Ulysses Cruz na época do grupo Boi Voador e começou com ninguém menos do que Antunes Filho em seu CPT (Centro de Pesquisa Teatral). Logo, formou dupla com Edvaldo Rodrigues, o Didi, com quem recebeu o Prêmio Molière Especial. Eles também assinaram a luz de “O Despertar da Primavera”, que o Boi Voador produziu em 1986. Já trabalhou com nomes como Antonio Fagundes, Mauro Rasi, Francisco Medeiros, Gabriel Villela e Naum Alves de Souza. Foi dele a luz da lendária montagem de “Rei Lear”, de William Shakespeare, com Paulo Autran, em 1996. Afinal, a luz do mago Quintiliano é testemunha da história recente dos palcos nacionais.

*BOB SOUSA é fotógrafo, mestre em Artes Cênicas pela Unesp e crítico da APCA. Autor do livro Retratos do Teatro, publica sua coluna O Retrato do Bob toda segunda-feira aqui no site.

Visite o site de BOB SOUSA

Visite o Blog do Arcanjo no UOL!

Siga Miguel Arcanjo Prado no Facebook, no Twitter e no Instagram.

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *