Dois ou Um com Pedro Vieira

O ator Pedro Vieira – Foto: Divulgação

Por MIGUEL ARCANJO PRADO

Finalista do Prêmio Shell de Teatro 2016 pela sua atuação no monólogo “Eu Tenho Tudo”, o ator Pedro Vieira, 45 anos, está há 27 anos em São Paulo. O alagoano nascido na cidade de Palmeira dos Índios, formou-se em Teatro pela Escola Macunaíma e participou do Núcleo de Direção e Concepção Teatral da Escola Livre de Teatro de Santo André sob a orientação de Luis Alberto de Abreu e Antonio Araújo. Além de teatro, no qual atuou nas peças “A Morta (Viva)” com direção de Luis Fernando Ramos, e “Apocalipse 1.11”, de Fernando Bonassi e direção de Antonio Araújo, Pedro também flerta com o cinema com presença nos longas “Carandiru”, “Nina”, “Amanhã Nunca Mais” e “De Cara Limpa”. Pedro Vieiraaceitou o convite para participar da coluna Dois ou Um. Dez perguntas cheias de possibilidades. Ou não.

Teatro ou cinema?
Teatro.

Dramaturgia nacional ou estrangeira?
Estrangeira.

Foucault ou Sartre?
Foucault.

Lágrimas ou risos?
Lágrimas.

Negro ou branco?
Negro.

Frio ou calor?
Calor.

Loucura ou sanidade?
Loucura.

Esquerda ou direita?
Esquerda.

2016 ou 2017?
2017.

Ter ou não ter?
Não ter.

Leia outras edições do Dois ou Um

Siga Miguel Arcanjo Prado no Facebook, no Twitter e no Instagram.

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *