Por trás do pano – Rapidinhas teatrais

Pedro Lemos e Fabio Rhoden estão em Bruta Flor – Foto: Ronaldo Gutierrez

Por MIGUEL ARCANJO PRADO

Prorrogou
Devido ao sucesso de público, a peça Bruta Flor prorrogou sua temporada no Viga Espaço Cênico até 30 de março. Quartas e quintas, às 21h. Márcio Rosário dirige texto de Vitor de Oliveira e Carlos Fernando de Barros sobre homofobia e intolerância. Vai, gente.

Cultura livre
Bruta Flor integra o projeto Eu Faço Cultura, plataforma digital que disponibiliza produtos culturais para populações de baixa renda cadastradas no site. Você está?

Resgate
Os perfis que podem efetuar os resgates são beneficiários de programas sociais do governo, alunos de escolas públicas, ONGs e microempreendedores individuais (MEI). Para efetuar o resgate é só entrar no site http://www.eufacocultura.com.br/, efetuar um cadastro simples e escolher o espetáculo Bruta Flor. Serão disponibilizados vouchers para serem apresentados impressos ou em um aparelho mobile na troca de ingressos na bilheteria do Viga. Aproveite.

Eduardo Martini usa vestido de Hebe Camargo em I Love Neide – A Viagem – Foto: Lucas El’Osta/Divulgação

Mais um mês
A peça I Love Neide – A Viagem, com Eduardo Martini, foi prorrogada até 30 de março no Teatro Itália. Quinta, 21h. Ah, no dia 23 haverá tradução para libras, a linguagem brasileira de sinais. Que sirva de exemplo.

Masculinidade
Falando em Eduardo Martini, ele reestreia a peça Na Medida do Possível no dia 3 de março para temporada de um mês no Teatro Itália. São quatro esquetes escritas sob encomenda pelos autores Luíz Carlos Góes, Léo Jaime e João Batista e do próprio diretor Marcelo Saback sobre o mundo masculino.

Thais Dias, durante os ensaios de ShakeSPeare – Foto: Paulo Brazyl

Diva
A atriz Thais Dias está em ShakeSPeare, nova peça do Pessoal do Faroeste.

Premiados
Pela revitalização da praça Roosevelt, Ivam Cabral e Rodolfo García Vázquez, do Satyros, e Hugo Possolo e Raul Barretto, do Parlapatões, receberam o Prêmio Cidadão São Paulo, concedido pelo Catraca Livre e pelo jornalista Gilberto Dimenstein nesta semana.

Falando nisso…
Ivam Cabral está revoltado com a ideia do prefeito João Doria de colocar grades na praça Roosevelt durante o Carnaval. E muita gente também.

Alexandre Guimarães bate aquele papo com Paulo Henrique Amorim no Sesc Pompeia – Foto: Divulgação

Plateia Vip
O jornalista Paulo Henrique Amorim foi ver a peça O Açougueiro, com Alexandre Guimarães, no Sesc Pompeia. E depois fez questão de bater papo com o ator pernambucano. Poderoso.

Põe o chinelo, menino!
Depois de um longo tempo sem realizar uma temporada na cidade de São Paulo, O grupo Morpheus Teatro volta a apresentar o seu primeiro espetáculo voltado para toda a família, o infantil Pés Descalços, contemplado com o 4° Prêmio Zé Renato, da Secretaria Municipal da Cultura, no Teatro Sérgio Cardoso com temporada de 4 a 26 de março, sempre aos sábados e domingos, às 16h. Na sequência, o espetáculo faz temporada no Teatro Alfredo Mesquita, entre 1º e 23 de abril. Que bom.

Mulher das palavras
Cléo De Páris, a atriz, moradora do Baixo Augusta, anunciou: “Um dia vou lançar o jornal ALTA sociedade do BAIXO Augusta”. A coluna dá o maior apoio.

Indireta
Outro dia, o ator Laerte Késsimos desabafou na internet, só não se sabe para quem: “Só não se esqueça que não é exclusividade sua jogar merda no ventilador. Acho que vamos fazer uma sujeira danada”. Eita.

Alexandre Tigano e Claudiane Carvalho em cena de O Orgulho da Rua Parnell – Foto: Eliana Souza

Tá acabando
A peça O Orgulho da Rua Parnell, do dramaturgo inglês Sebastian Barry, dirigida por Darson Ribeiro, encerra sua temporada na Verniz Galeria, no dia 20 de fevereiro, próxima segunda, às 20h. Reúne monólogos conectados e que são interpretados por Alexandre Tigano e Claudiane Carvalho. Em sintonia fina.

Põe na roda
A Cia. Teatro do Incêndio promove, entre 7 de março e 10 de outubro (terças, às 19h), Rodas de Conversa e Vivências com mestres e comunidades tradicionais do estado de São Paulo. Esta iniciativa, que tem entrada franca, integra o projeto A Gente Submersa, contemplado pela 29ª edição da Lei de Fomento ao Teatro para a Cidade de São Paulo, em comemoração aos 21 anos do grupo. Coisa boa.

Sucesso inglês
A peça Jantar (Dinner) foi indicada a Melhor Comédia do Ano em 2003 na Inglaterra e sucesso de público no West End de Londres. A versão brasileira da comédia volta ao cartaz dia 4 de março, no Teatro ViradaLata, em São Paulo. O texto, o primeiro montado no Brasil da dramaturga inglesa Moira Buffini, tem direção do diretor e cineasta uruguaio-brasileiro Mauro Baptista Vedia, diretor, entre outros, do grande sucesso de público e crítica A Festa de Abigaiu. A tradução é de Andre Carvalho. A temporada vai até 23 de abril, com sessões aos sábados às 21h e domingos às 20h. Os ingressos custam R$ 40. Anotou tudo?

Cena da peça O Planeta Tá um Lugar Perigoso – Foto: Claudinei Nakasone

Tá mesmo
O dramaturgo húngaro László Garaczi acumula mais de 20 prêmios na Hungria, além de outros na Itália, Áustria e Nova York. E agora, chega ao Brasil, com a peça O Planeta Tá um Lugar Perigoso, que estreia dia 8 de março no Teatro Augusta com direção de Kiko Marques e trilha sonora de André Abujamra. Leonardo Miggiorin, João Bourbonnais, Andrea Tedesco e Frida Takáts (também idealizadora e produtora do espetáculo) estão no elenco. Programe-se.

Ouviram do Ipiranga…
A turma do Sesc Ipiranga contou pra coluna quais são as próximas peças de teatro do espaço. Anote aí: dia 3 de março estreia Hamlet – Processo de Revelação, com Emanuel Aragão e direção dos Irmãos Guimarães; já no dia 24 de março é a vez de Isso Não É um Sacrifício, com Fernanda D´Umbra em texto de Fernando Bonassi dirigido por Christiane Tricerri. Eita.

Elenco de Enquanto as Crianças Dormem em sessão de fotos: estreia em maio – Foto: Thalles Garbin Leamari

Vem aí
O diretor Dan Rosseto já começou o ensaio da peça Enquanto as Crianças Dormem, escrito por ele. Estão no elenco Carol Hubner, Carol Stofella, Diogo Pasquim, Kiko Pissolato e Juan Manuel Tellategui. A produção é de Fabio Camara, da Lugibi. A estreia está prevista para maio.

Stoklos na Paulista
O Itaú Cultural apresenta de graça neste sábado (18), 20h, e domingo (19), 19h, a atriz, autora e diretora Denise Stoklos com a peça Vozes Dissonantes. O monólogo, estreado há quase duas décadas, inspira-se em pensamentos de personalidades como Padre António Vieira, Sérgio Buarque de Holanda e Milton Santos para refletir e refazer a história do Brasil. Estamos precisando mesmo.

Disputados
Tem gente se matando por um ingresso para os espetáculos da MITsp (Mostra Internacional de Teatro de São Paulo).

Visite o Blog do Arcanjo no UOL

Siga Miguel Arcanjo Prado no Facebook, no Twitter e no Instagram.

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *